Em discurso direto
We Blog
Cláudia Azevedo

Resultados do terceiro trimestre de 2020

12 Novembro 2020
Decorridos os primeiros nove meses do ano, o mundo continua a combater a pandemia Covid-19. Após um segundo trimestre difícil, marcado por fortes medidas de confinamento, o terceiro trimestre foi ainda um período com muitas restrições que impactaram o nosso dia a dia.
Durante estes últimos meses, temos feito tudo que está ao nosso alcance para proteger a saúde e a segurança das nossas pessoas, clientes e parceiros. Continuo grata e sensibilizada pela resiliência e dedicação das nossas equipas, que continuam a dar tudo o que têm para prestar serviços essenciais aos nossos clientes, tendo demonstrado um enorme carácter e capacidade de adaptação em tempos de constante mudança.
Neste contexto de pandemia, a Sonae continuou a mostrar um desempenho muito resiliente, impulsionado por um conhecimento único dos nossos clientes, uma rápida resposta na frente digital dos nossos negócios e uma capacidade de todo o Grupo de inovar e de se adaptar rapidamente às circunstâncias em mudança.
A Sonae MC reforçou a sua posição de liderança em Portugal, alicerçada nas vantagens do Cartão Continente (que continuou a proporcionar novos benefícios e funcionalidades numa oferta cada vez mais digital e personalizada), bem como na capacidade para escalar rapidamente as entregas do Continente Online e reforçar a sua posição como principal operador de e-commerce alimentar do país. A Worten também continuou a ganhar quota de mercado em Portugal, sustentada por uma abordagem omnicanal de excelência e por múltiplas iniciativas digitais, tendo atingindo pela primeira vez uma quota de mercado online superior à offline. Na Sonae Sierra, os centros comerciais mantiveram-se sob pressão, mas começaram a recuperar visitantes e vendas, tendo a equipa trabalhado em conjunto com os lojistas no sentido de encontrar soluções criativas de maximização das vendas offline e online. As lojas da Sonae Fashion e da ISRG reabriram e mostraram sinais encorajadores, enquanto as vendas online se mantiveram em níveis recorde – em particular na MO, com as máscaras inovadoras MOxAd-Tech a impulsionarem as vendas online e internacionais. A Sonae FS regressou a níveis normalizados de produção de crédito e o Universo atingiu 400 mil clientes digitais. O sólido desempenho operacional da Sonae IM foi altamente impulsionado pelas empresas de cibersegurança do seu portefólio e a Arctic Wolf atingiu uma valorização superior a mil milhões de dólares, passando a ser considerada um "unicórnio”. Por fim, a NOS demonstrou a resiliência do seu negócio core de telecomunicações e concretizou importantes operações que permitiram melhorar a solidez financeira da empresa e garantir um rollout e operação de redes móveis mais rápidas, eficientes e ambientalmente sustentáveis.
Globalmente, no terceiro trimestre a Sonae aumentou o seu volume de negócios em 6% e melhorou o seu EBITDA subjacente em mais de 8% face ao ano anterior, o que nos permitiu ultrapassar o EBITDA subjacente registado nos primeiros nove meses do ano passado. Continuámos a preservar o nosso balanço, implementando várias iniciativas de preservação de liquidez em todos os negócios e refinanciando montantes importantes de dívida. No total, a dívida líquida consolidada do Grupo diminuiu €287 M para €1.233 M nos últimos 12 meses e todos os negócios mantêm níveis de alavancagem conservadores. 
Neste contexto de pandemia, decidimos também reforçar o compromisso com as nossas Pessoas e com o nosso Planeta. Publicámos uma versão atualizada do nosso plano para a igualdade de género, com objetivos específicos e ambiciosos para mulheres em cargos de gestão. E, já em novembro, assumimos o compromisso de atingir a neutralidade carbónica até 2040, antecipando em dez anos o nosso objetivo anterior.
Enquanto escrevo estas palavras, e desde o início de outubro, temos assistido a um aumento do número de infeções por Covid-19 em todo o mundo, sendo que os governos estão novamente a implementar restrições mais severas, incluindo novos confinamentos em alguns países. Esta nova vaga irá certamente voltar a testar-nos. Mas, tendo enfrentado a primeira vaga como o fizemos, e dado o atual nível de preparação das nossas equipas, estou certa de que os nossos negócios serão capazes de continuar a satisfazer as necessidades dos nossos clientes e que a Sonae continuará a criar valor para todos os seus stakeholders.
Este website utiliza cookies que facilitam a navegação dos visitantes.

A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pela SONAE. Consulte aqui a nossa Política de Cookies